Apple para pequenas e médias empresas: vale o investimento?

pmes
Adotar as soluções tecnológicas da Apple faz sentido para meu negócio? Essa é uma pergunta que muitos líderes de pequenas e médias empresas (PMEs) costumam fazer. Afinal, planejar adequadamente todo e qualquer investimento é questão de sobrevivência quando se tem um orçamento mais restrito para administrar. Isso porque uma decisão precipitada pode abalar significativamente a viabilidade da operação – ou até decretar o fim da linha. Assim, torna-se indispensável analisar criteriosamente a relação custo-benefício e os efeitos de longo prazo de cada investimento. Sobretudo no que se refere à tecnologia – que abrange computadores, aplicativos, dispositivos móveis e a interação entre todos eles. Fato que nos remete ao questionamento inicial: para uma PME, vale a pena investir em soluções Apple?

A resposta curta – basta ver o “mapa de calor” da marca no segmento PME – é sim. No maduro ambiente de negócios norte-americano, por exemplo, a Apple já conquistou também os pequenos e médios empreendimentos. iPhone e iPad tornaram-se onipresentes entre os profissionais dos mais diversos ramos de atividade. O MacBook e o MacBook Pro também são amplamente adotados, mesmo em ambientes onde o sistema Windows ainda predomina. Já o iMac – adorado pela indústria criativa – é cada vez mais reconhecido em todas as áreas como um excelente investimento. Desse modo, pode-se concluir que, sob a perspectiva das PMEs, as soluções Apple valem a pena, sim. Mas vejamos também a resposta longa – os porquês da crescente preferência pela Apple nas empresas de pequeno ou médio porte.

Otimizando o investimento

O investimento inicial na plataforma Apple pode até ser mais alto do que com alternativas baseadas em outros sistemas. No entanto, os ganhos de produtividade e a redução de despesas recorrentes costumam virar esse jogo em pouco tempo. Exemplo disso é a oferta nativa de aplicativos robustos para os negócios, evitando gastos consideráveis com licenciamento. Basta tirar o produto da caixa e aproveitar ferramentas de texto, imagem, apresentação e cálculo, entre outras. Apps complementares podem ainda ser baixados da App Store – muitos deles, de graça. Então, usando Apple, as pequenas e médias empresas passam a contar com recursosequiparáveis aos de grandes corporações. Assim, conseguem alavancar seus processos e resultados, garantindo lugar “no andar de cima”.

Portanto, mesmo aparentando ser mais cara à primeira vista, a plataforma Apple simplesmente “se paga” em pouco tempo. Em comparação com soluções concorrentes, ela efetivamente reduz o custo total de propriedade (o famoso TCO, na sigla em inglês). Segundo estudos com empresas que adotaram o iMac, por exemplo, a economia verificada por máquina chegou a US$ 543/ano. Por isso, colocando “na ponta do lápis” o investimento em tecnologia, cada vez mais PMEs estão escolhendo Apple.

Produtividade o tempo todo

Com o iPad e o iPhone, o escritório móvel é uma realidade – algo indispensável para as PMEs. Afinal, não é raro que funções se acumulem numa estrutura mais enxuta. A diretora de Negócios pode estar encarregada também das áreas de RH e Finanças, por exemplo. Assim como o gestor comercial pode responder pelo Marketing, por Compras ou por outros setores. Com os dispositivos móveis da Apple, porém, agilidade é uma certeza. Tanto o iPad quanto o iPhone oferecem ferramentas para gerar orçamentos, coletar assinaturas e até tirar pedidos em qualquer lugar. Apresentar catálogos, revisar contratos, tomar decisões, gerir equipes e colaborar remotamente também estão entre suas vastas possibilidades. Dá até para iniciar um projeto no Mac e continuá-lo depois no dispositivo móvel (ou vice-versa) sem complicação.

Outra vantagem da plataforma Apple – aí incluídos iMac, MacBook e MacBook Pro – é sua menor propensão a paradas. Enquanto PCs apresentam travamentos e maior suscetibilidade a vírus, um Mac raramente exige chamadas ao suporte. Isso porque a Apple não fabrica apenas a máquina e depois instala um sistema de terceiros. As duas partes (software e hardware) são concebidas como um projeto único, a fim de que funcionem em perfeita harmonia. Isso também resulta em maior proteção do investimento, pois o desempenho se mantém alto ao longo dos anos. Depois, na hora do upgrade, o Mac usado ainda tende a conservar mais valor que um PC da mesma idade.

Tudo no iPad, iPhone, iMac e MacBook está a serviço do crescimento dos pequenos e médios negócios. Se você gere uma PME, contate a iPlace e conheça todas as facilidades para implantar a plataforma Apple!

 

Fotos: iStock/Jacob Ammentorp Lund

Compartilhe este post

Share on facebook
Share on linkedin
Share on email

Veja também: