Como gerir individualmente a entrega da equipe de trabalho

equipe-de-trabalho

Em qualquer equipe de trabalho, é comum que pessoas diferentes tenham ciclos produtivos também distintos. Tem gente que rende mais com silêncio; outros, com música no ambiente do escritório. Há quem goste de trabalhar sozinho e há também quem prefira as tarefas compartilhadas.

Da mesma forma, varia o horário do dia em que cada pessoa é mais produtiva. Enquanto alguns têm seu melhor desempenho pela manhã, outros o têm à tarde ou mesmo à noite. Isso é facilmente perceptível inclusive pelos gestores, que costumam ter contato direto com vários colaboradores.

Pois cabe justamente ao líder da equipe de trabalho fazer o meio de campo entre as diferentes rotinas de produtividade. Afinal, um bom chefe deve conhecer as particularidades de seus subordinados para conseguir obter o melhor desempenho de cada um deles. Abaixo, confira como fazer essa gestão de pessoas considerando especialmente os horários de maior produtividade dos colaboradores.

 

Conheça os traços de personalidade da equipe de trabalho

O fato de uma pessoa ser mais produtiva pela manhã ou à noite pode ter relação com sua personalidade e comportamento. Foi o que apontou um estudo publicado em 2017 pela psicóloga e pesquisadora Anastasiya Lipnevich, da City University of New York. No artigo, ela utilizou como referência os cinco grandes fatores da personalidade, conhecidos na psicologia como “Big Five”. São eles:

Consciência (senso de dever)

Extroversão (receptividade a experiências sociais)

Neuroticismo (sensibilidade a problemas e ameaças)

Amabilidade (desejo de ser amigável com os demais)

Abertura (prazer em ter novas experiências)

Ao entrevistar 16 mil pessoas, o estudo conseguiu traçar ligações entre os fatores de personalidade e os horários de maior produtividade. Foi possível perceber, por exemplo, que pessoas matutinas tendem a ter o fator da Consciência mais forte. Em contrapartida, pessoas noturnas apresentam Extroversão e Abertura como características marcantes.

 

Repensando a distribuição de tarefas

No contexto da coordenação de uma equipe de trabalho, faz sentido levar em consideração as descobertas da pesquisa citada acima. Colaboradores de produtividade matutina, por apresentarem forte traço de Consciência, são ideais para trabalhos que exigem disciplina.

Por outro lado, também é possível aproveitar as potencialidades de quem é noturno, mesmo respeitando os horários de expediente comercial. Isso porque, com Extroversão e Abertura em sua personalidade, essas pessoas tendem a ter ótimo desempenho em tarefas criativas.

Assim, para o gestor, faz muito sentido prestar atenção aos ciclos produtivos de seus funcionários. Afinal, com essas informações em mãos, é possível redistribuir tarefas e responsabilidades. E, dessa forma, motivar os colaboradores, otimizando a produtividade da equipe de trabalho.

 

Foto: iStock/marchmeena29

Compartilhe este post

Share on facebook
Share on linkedin
Share on email

Veja também: