Como usar pausas no trabalho para ganhar produtividade

pausas

Seja no escritório ou em home office, todo mundo sempre quer atingir a melhor produtividade possível. Porém, vale lembrar que obter um bom desempenho nas suas demandas não significa necessariamente trabalhar sem parar. Aliás, nem é recomendado que se trabalhe ininterruptamente por períodos de várias horas. Isso porque, sem pausas, nosso corpo e mente acabam se exaurindo mais rápido. Logo, os intervalos nos momentos certos são muito importantes para nos mantermos produtivos por mais tempo.

 

Trabalho em excesso pode ser prejudicial à saúde

Como sabemos, ter um ofício pode trazer grandes vantagens além da remuneração. Ao trabalhar, exercitamos nosso poder de autonomia e fortalecemos a autoestima. No entanto, se realizado em excesso, sem pausas, o trabalho tende a trazer mais prejuízos do que benefícios à saúde. A longo prazo, distúrbios psicológicos como a síndrome de burnout são o ápice desse problema. Porém, mesmo dentro de um único dia, o excesso de trabalho pode ser prejudicial.

Ao trabalhar por horas seguidas, normalmente acabamos ficando muito tempo na mesma posição ou executando movimentos repetitivos. Em ambos os casos, quem sofre é o nosso corpo. Dores de cabeça, nos olhos ou problemas como lesões por esforço repetitivo são as expressões mais comuns disso. E, além da parte física, o trabalho ininterrupto gera fadiga mental, o que faz a produtividade cair bruscamente.

 

Como programar pausas no trabalho

Para obter uma rotina mais saudável, é essencial fazer intervalos ao longo do expediente. E há várias metodologias que sugerem como “programar” essas pequenas pausas. A mais comum delas possivelmente seja a técnica Pomodoro. Desenvolvida pelo italiano Francesco Cirillo na década de 1980, consiste na divisão do trabalho em blocos de 25 minutos. Ao fim desse período, é recomendado um intervalo de 5 minutos para alongar o corpo e distrair a mente. Depois do quarto bloco de trabalho, indica-se uma pausa maior, de aproximadamente meia hora.

 

Tecnologia como aliada

Por muito tempo, seguir a técnica Pomodoro exigia memória e disciplina de ajustar despertadores para cumprir os prazos sugeridos. Felizmente, hoje em dia há vários aplicativos que desempenham a função de gerenciar essas pausas.

Na App Store, por exemplo, os apps gratuitos Focus To-Do e Meu Pomodoro facilitam muito a adoção da técnica. Com eles, basta configurar a duração dos blocos de trabalho e clicar no botão “iniciar”. Assim, o sistema passa a emitir notificações sempre que for o momento de fazer um intervalo ou retomar as atividades. Ambos os apps estão disponíveis para iPhone, iPad, iPod touch e Apple Watch. Já para o Mac a dica é o aplicativo Time Out: Break Reminders, que permite ampla configuração de ajustes. Nele, é possível escolher a frequência e a duração das pausas, bem como dos períodos dedicados à concentração no trabalho.

 

Quer saber como obter ainda mais produtividade no escritório e no home office? A iPlace Corporativo tem as melhores soluções para o seu negócio. Contate agora mesmo um de nossos especialistas e conheça nossos serviços!

 

Foto: iStock/DragonImages

Compartilhe este post

Share on facebook
Share on linkedin
Share on email

Veja também: