Migração para Apple melhora produtividade e reduz custos

apple-melhora-produtividade-e-reduz-custos

No competitivo mundo dos negócios, não há espaço para deslizes. É sempre necessário buscar a maior produtividade possível. Para tanto, ter boa organização, comunicação interna eficiente e manter a equipe motivada são pontos essenciais. Da mesma forma, é indispensável oferecer aos funcionários equipamentos que possam otimizar ao máximo o seu desempenho.

Afinal, ninguém consegue ser produtivo usando computadores defasados ou que necessitem de manutenção constante. Assim, manter o parque de dispositivos atualizado é crucial para a obtenção de bons resultados. E isso vale para empresas de todos os tamanhos, desde pequenos negócios até grandes corporações.

 

Dispositivos antigos baixam a produtividade

Antes de mais nada, é elementar que se faça um diagnóstico detalhado da situação dos computadores da empresa. Máquinas com cinco anos ou mais de uso são as que mais tendem a prejudicar o desempenho dos negócios. Segundo estudo realizado pela Intel, usuários de PCs desatualizados passam até 11 horas por ano esperando que o dispositivo inicialize.

Consequentemente, isso torna os funcionários até 29% menos produtivos. Em termos financeiros, significa que cada computador obsoleto pode custar até 17 mil dólares por ano aos cofres da empresa. Além disso, dispositivos com hardware ou software defasados necessitam de mais suporte e manutenção. São tempo e recursos desperdiçados que poderiam estar sendo usados em benefício da companhia e de seus clientes.

 

Novos equipamentos, novo fôlego

Modernizar o parque de dispositivos da empresa normalmente significa não apenas a atualização de softwares. É aconselhável investir na troca dos equipamentos em si, adquirindo novas máquinas. Isso porque, mesmo quando recebem atualizações, computadores antigos podem não conseguir rodar adequadamente os novos sistemas. E, caso isso aconteça, a produtividade permanecerá baixa.

Além disso, aparelhos mais modernos são mais seguros e econômicos, já que necessitam de menos manutenção. E isso é especialmente verdade no caso dos dispositivos Apple. Segundo a IBM, usuários de PCs com Windows abrem o dobro de chamados de suporte se comparados aos de Mac.

Ainda conforme a companhia, somente 5% dos chamados relativos a equipamentos Apple requerem a presença física da equipe de TI. Em contrapartida, 30% dos chamados envolvendo PCs demandam visitas técnicas. Ou seja, dispositivos Apple são mais seguros, confiáveis e econômicos.

 

Apple, a melhor opção para pequenas e grandes empresas

Companhias de grande porte já estão acostumadas aos benefícios da plataforma Apple. No entanto, pequenos negócios muitas vezes ainda são reticentes quanto à migração de PCs para Mac. Isso porque o investimento em equipamentos Apple, de início, pode realmente parecer mais alto. Entretanto, o aumento de produtividade e a redução de gastos recorrentes logo tornam o uso de Mac mais vantajoso.

Empresas que adotaram o iMac, por exemplo, reportaram economia de até US$ 543/ano comparativamente ao período em que usavam PCs. Isso evidencia que, mesmo aparentando ser mais cara, a plataforma Apple logo se torna vantajosa financeiramente, inclusive para pequenas empresas.

 

Mais vantagens com Apple

Modernizar o parque de dispositivos com Apple, além de garantir menor custo total de propriedade, traz inúmeras outras vantagens:

Aplicativos nativos: iPhone, iPad e Mac possuem muitos aplicativos integrados ao sistema operacional sem custos adicionais. Assim, é possível ter mais produtividade com a plataforma Apple sem depender de softwares externos que exijam licenças específicas.

Ecossistema mais seguro: as plataformas macOS e iOS foram criadas visando a harmonia perfeita entre hardware e software. Assim, na Apple os sistemas evitam brechas que poderiam ocasionar falhas de segurança, tão comuns em Windows e Android. Para conhecer mais a fundo os diferenciais de segurança do ecossistema Apple acesse o e-book gratuito elaborado pela iPlace Corporativo.

Suporte contínuo: os sistemas iOS e macOS verificam atualizações diariamente. Assim, os dispositivos estão sempre com a versão mais recente de software, garantindo eficiência, segurança e otimização dos recursos.

Sustentabilidade: a economia de energia está cada vez mais eficiente nos produtos da Apple. O MacBook Air com tela Retina, por exemplo, consome três vezes menos energia em repouso do que a primeira geração. E a nova fonte de energia do iMac Pro consume 40% menos eletricidade em repouso ou desligado. Além disso, a Apple reduziu sua emissão de carbono em 35% e, hoje, possui energia 100% renovável em suas instalações.

Para modernizar o parque de dispositivos e aumentar a produtividade de sua empresa, entre em contato com a iPlace Corporativo. Aqui é possível adquirir seus novos dispositivos com excelente negociação, inclusive com a opção de leasing operacional.

 

Foto: iStock/Jag_cz

Compartilhe este post

Share on facebook
Share on linkedin
Share on email

Veja também: