Apple Pay: mais facilidade para os pagamentos de seus clientes

Com o sistema de pagamentos da Apple, seus clientes desfrutam de mais praticidade e segurança em todas as transações.

Pela proximidade com o Natal, o fim de ano é costumeiramente um período com perspectiva de crescimento de vendas no comércio. Assim, é também ocasião perfeita para empresas implementarem soluções de gestão que facilitem a realização de pagamentos pelos clientes. Afinal, o consumidor sempre busca praticidade e segurança na hora de fazer suas compras. Ou seja, precisamente duas características do Apple Pay – o sistema de pagamentos digitais incluído nos dispositivos da gigante de Cupertino.

 

Como funciona o Apple Pay?

O serviço funciona como uma espécie de carteira virtual no iPhone e no iPad. Ali, o usuário pode cadastrar facilmente seus cartões. Dessa forma, ao fazer suas compras (tanto online quanto presenciais), basta que selecionem o Apple Pay como forma de pagamento. Ou seja: o sistema substitui o uso tradicional dos cartões de crédito ou débito – seja em lojas, sites ou apps.

Nos estabelecimentos físicos, a transação é realizada sem contato: basta aproximar o dispositivo Apple de um terminal compatível. Isso é possível graças à tecnologia NFC, que cria um campo de comunicação de curta distância entre os dois aparelhos. Já em sites e apps, é ainda mais fácil. Basta clicar no botão “Pagar com Apple Pay” e autorizar o pagamento.

Aliás, esse processo elimina a necessidade de digitar senhas. Isso porque a autorização dos pagamentos é realizada através dos recursos Touch ID ou Face ID dos dispositivos Apple. Essa etapa traz muito mais segurança para a transação, visto que a identidade do usuário é sempre verificada biometricamente. Ao mesmo tempo, o Apple Pay não armazena dados do cartão nas transações, nem os compartilha com os estabelecimentos comerciais.

Vantagens para quem vende

Por suas características, o Apple Pay tem se tornado o método favorito de cada vez mais gente ao fazer compras. Consequentemente, lojas, restaurantes e outros estabelecimentos comerciais que utilizam o sistema também saem ganhando. Isso é especialmente verdade nas transações online, uma vez que a facilidade de uso diminui as chances de desistência da compra. Aliás, vale lembrar que a adesão ao Apple Pay é totalmente gratuita, tanto para quem compra quanto para quem vende.

 

Como aceitar pagamentos via Apple Pay em seu negócio?

Incorporar o Apple Pay ao seu empreendimento é bastante simples. Inclusive, assim como todas as soluções Apple, o sistema pode ser implementado por empresas de todos os tamanhos. Se você já aceita cartões em seu estabelecimento físico, basta conferir se o terminal é compatível com tecnologia NFC. Caso seja, seu negócio já está pronto para receber transações via Apple Pay. Do contrário, entre em contato com seu serviço de pagamentos para solicitar a atualização do terminal.

Para e-commerce, é só implementar as APIs relacionadas ao Apple Pay em seus apps e sites. O portal da Apple para desenvolvedores oferece orientações completas sobre como realizar o procedimento. Assim, basta solicitar que sua equipe de TI implemente as adaptações necessárias. Depois, seguindo as diretrizes de uso da marca, pode-se exibir o logotipo do Apple Pay para divulgar sua disponibilidade. Dessa forma você dá mais um passo importante em direção à ampliação e fidelização de sua base de clientes. Não deixe para depois!

 

Foto: iStock/fizkes

Compartilhe este post

Share on facebook
Share on linkedin
Share on email

Veja também: