Como o iPhone e o iPad podem turbinar a produtividade

Com sistemas totalmente integrados ao Mac, o iPhone e o iPad oferecem mais produtividade e mobilidade aos negócios

Seja na sede da empresa ou em home office, a busca por maior produtividade é uma constante no mundo corporativo. Aliás, em tempos de transformação digital, a eficiência das empresas está cada vez mais relacionada à qualidade de seus parques de dispositivos. Isso porque, com os equipamentos certos, gestores e funcionários têm menos contratempos e conseguem obter melhores resultados. Assim, o investimento em infraestrutura digital revela-se fundamental para o sucesso de qualquer negócio.

Nesse contexto de produtividade corporativa, nenhuma fabricante de tecnologia apresenta tantas opções quanto a Apple. Afinal, a gigante de Cupertino oferece tanto computadores e notebooks profissionais quanto dispositivos móveis sem paralelo no mercado. Isso porque, para além do design e da qualidade incomparáveis, o iPad e o iPhone são ferramentas de trabalho poderosas.  

 

Aplicativos para tudo e para todos

Tanto o iOS, no iPhone, quanto o iPadOS, no iPad, trazem excelentes apps de produtividade nativos. É o caso da suíte iWork, que inclui os aplicativos Pages, Numbers e Keynote – para textos, planilhas e apresentações, respectivamente. Além disso, através da App Store, é possível instalar no iPhone e no iPad inúmeras outras ferramentas de trabalho avançadas. Desde o clássico pacote Microsoft Office até apps voltados à análise de dados ou à edição profissional de vídeos. Aliás, vale lembrar que empresas também têm a opção de customizar e desenvolver seus próprios aplicativos para iPhone e iPad.

Outro grande diferencial do ecossistema Apple está na facilidade de gestão dos parques de dispositivos – abrangendo tanto hardware quanto software. Afinal, tudo é feito de forma simplificada por meio do Apple Business Manager. Voltado ao universo corporativo, esse recurso possibilita, por exemplo, a compra de apps e licenças em larga escala. Da mesma forma, permite ao gestor escolher quais aplicativos serão disponibilizados a cada colaborador.

 

Produtividade integrada

Outra característica que torna a plataforma Apple perfeita para tarefas de trabalho é a integração entre dispositivos. Com o recurso Continuidade, é possível começar um trabalho no Mac e continuá-lo no iPhone ou no iPad. Para tanto, basta que iniciar a sessão com o mesmo ID Apple em todos os dispositivos. Mas também é possível enviar materiais de trabalho para aparelhos de outros usuários. Nesse caso, deve-se utilizar o AirDrop, que faz a transferência de arquivos para dispositivos próximos sem a necessidade de usar cabos.

No entanto, a faceta mais interessante do Continuidade talvez seja o recurso Sidecar. Com ele, é possível utilizar o iPad como uma segunda tela para o Mac. Mas isso não significa que o dispositivo móvel funcione apenas como uma extensão do monitor principal. Na verdade, os dois aparelhos criam uma estação de trabalho de alta produtividade, integrando suas funcionalidades. Assim, ao abrir um app no Mac e arrastá-lo para o iPad, o programa passa a ser compatível com os comandos de toque. Da mesma forma, é possível usar o Apple Pencil no iPad com apps executados no Mac – como uma mesa digitalizadora. Ou seja, a integração é total.

 

Mergulhando no universo de benefícios do ecossistema Apple, não resta dúvida: a marca oferece mesmo as melhores ferramentas de trabalho. Afinal, seja em casa, no escritório ou em movimento, há sempre uma solução perfeita para assegurar a máxima produtividade.

Quer conhecer ainda mais vantagens e possibilidades profissionais do iPhone e do iPad? Então entre em contato agora mesmo com a iPlace Corporativo e descubra tudo que podemos fazer por sua empresa!

 

Foto: iStock/Chainarong Prasertthai

Compartilhe este post

Share on facebook
Share on linkedin
Share on email

Veja também: