Apple: mais segurança digital no uso de apps corporativos

Mac, iPhone e iPad possuem os mais avançados recursos de segurança digital para garantir a proteção de sua empresa

Seja no computador ou a partir de dispositivos móveis, os aplicativos tornaram-se ferramentas de trabalho indispensáveis em qualquer empresa. Afinal, as vantagens são inúmeras: desde o aumento da produtividade até a facilidade de implementação e gerenciamento remoto. Porém, o uso de apps profissionais não pode ser desvinculado de uma solução robusta voltada à segurança digital. Isso porque ciberataques também são realidades muito presentes atualmente, podendo acarretar danos concretos às organizações.

É por isso que, no ecossistema Apple, a segurança e a privacidade vêm sempre em primeiro lugar. Ciente dos perigos que habitam o universo tecnológico, a gigante de Cupertino desenvolve máquinas e sistemas com foco na proteção. Assim, todos seus aparelhos vêm equipados com os mais modernos recursos de criptografia em nível de hardware. Da mesma forma, softwares e apps são monitorados o tempo todo nos dispositivos Apple, garantindo a integridade do sistema.

 

Segurança digital em todas as frentes

O ecossistema Apple é constituído por várias camadas de proteção dedicadas a identificar possíveis falhas de software e prevenir ataques. A primeira delas, relativa ao sistema operacional, é o recurso de inicialização segura, presente em todos os dispositivos da marca. Trata-se de um mecanismo que verifica a presença e impede a execução de malwares quando o aparelho é inicializado.

Já os aplicativos são monitorados por outro recurso de segurança digital, chamado Sandbox. Sua tarefa é garantir que todos os apps adquiridos via App Store se restrinjam apenas às funções definidas e autorizadas. Assim, nenhum aplicativo consegue acessar dados sensíveis ou interferir no funcionamento de outros programas ou recursos do sistema. Na App Store há mais de 200 mil aplicativos profissionais para iPhone e iPad. E todos, sem exceção, só rodam sob a estrita supervisão do Sandbox.

No Mac, além da App Store, os usuários têm a opção de baixar aplicativos diretamente dos sites de desenvolvedores. Nesse caso, os programas não são monitorados pelo Sandbox, mas precisam ser autenticados pelo sistema operacional antes de ser executados. Dessa forma, mesmo quando não instalados via App Store, os aplicativos continuam passando por rígidos processos de verificação de segurança. Além disso, vale lembrar que o Mac é equipado com sistema antivírus nativo, que bloqueia e remove qualquer ameaça identificada.

 

Apple: proteção e eficiência

Na plataforma Apple, todos os recursos citados acima conseguem ser extremamente eficazes sem prejudicar o desempenho dos equipamentos. Ou seja, as ferramentas de segurança digital não atrasam a inicialização do sistema, nem tornam lento o uso dos apps. Afinal, os produtos Apple são desenvolvidos com perfeita sincronia entre hardware e software, assegurando alto desempenho aos dispositivos. Além disso, tal sincronia garante que os sistemas da marca sejam praticamente imunes a brechas de segurança.

Dessa forma, ao optar pela Apple, as empresas não estão apenas adquirindo equipamentos e acesso aos melhores apps profissionais. Estão, igualmente, fazendo um investimento em produtividade e segurança digital corporativa.

 

Quer saber como usufruir de todos os benefícios do ecossistema Apple em seus negócios? Então entre em contato agora mesmo com a iPlace Corporativo e fale com um de nossos especialistas!

 

Foto: iStock/marchmeena29

Compartilhe este post

Share on facebook
Share on linkedin
Share on email

Veja também: