Ligue 4020.7900

Ligue 4020.7900

Ligue 4020.7900

Segurança digital nas empresas: as vantagens do ambiente Apple

seguranca-digital-apple-1024x683

Vazamento de informações sensíveis, sequestro de dados (ramsonware), sistemas paralisados e, consequentemente, muito dinheiro perdido. Essas são algumas das ameaças virtuais às quais, em maior ou menor grau, toda empresa se encontra exposta atualmente. Afinal, se há algumas décadas a informatização ainda era incipiente, agora a tecnologia passou ao centro dos processos nas companhias. Com a transformação digital, as organizações tornam-se mais ágeis e lucrativas – mas também deparam novas questões de segurança. Isso porque criminosos não precisam mais invadir fisicamente a sede de uma empresa para roubar seus ativos mais valiosos. Câmeras, alarmes e vigilantes treinados não são suficientes para impedir ciberataques. Assim, a segurança digital apresenta-se como a grande trincheira no século XXI – e prevenir continua sendo a estratégia mais eficiente. A boa notícia é que, se a sua empresa possui um ambiente Apple, já larga em vantagem também nesse quesito!

Segurança digital: no coração do macOS

O macOS – sistema operacional dos computadores Apple – traz tecnologias avançadas para manter tudo organizado, criptografado e atualizado. Assim, o ambiente e os dados da sua empresa ficam muito mais seguros desde o início. Outra vantagem em relação à concorrência é que o macOS é gratuito – e já vem instalado em cada Mac. Para garantir os recursos nativos de segurança digital, portanto, basta manter o sistema sempre atualizado. Por isso, sempre que uma atualização é disponibilizada, o macOS envia uma notificação. Então, com um clique, o download é realizado automaticamente. O sistema operacional da Apple verifica atualizações diariamente, assegurando que sua empresa tenha sempre a versão do software mais segura.

Um dos recursos de segurança digital integrados ao macOS é o Gatekeeper, que previne a instalação de softwares maliciosos. Com ele, é possível bloquear downloads de fora da Mac App Store e verificar a assinatura digital dos apps. Essa assinatura (Developer ID) funciona como um selo de qualidade conferido pela Apple, afiançando que o software é seguro.

Outra proteção nativa do macOS é o FileVault 2, que criptografa os dados para evitar que sejam acessados indevidamente. Esse recurso codifica todo o drive do Mac, utilizando avançados algoritmos criptográficos que rodam de maneira rápida e discreta. Assim, pode ser utilizado para encriptar qualquer unidade de armazenamento, protegendo backups do Time Machine e outros drives externos. Se a empresa quiser zerar uma máquina para atribuí-la a outro colaborador ou mesmo revendê-la, sem problemas. O FileVault 2 facilita a remoção de todos os dados do Mac, assegurando que não será possível recuperá-los indevidamente. Para tanto, o sistema primeiro elimina as chaves criptográficas, deixando os dados completamente inacessíveis, e só então limpa o disco.

Defesas altas em todos os níveis

Menos suscetível a vírus do que sistemas operacionais concorrentes, o macOS possui sofisticadas proteções de execução que atuam no núcleo do Mac. Entre outras coisas, esses recursos de segurança digital nativos dos computadores Apple evitam que o sistema seja comprometido por malwares. Tecnologias como ASLR (Address Space Layout Randomization) e Proteção de Integridade do Sistema (SIP) trabalham juntas para reforçar a proteção. Assim, elas mantêm altas as defesas em todos os níveis e impedem que eventuais malwares modifiquem arquivos importantes do sistema.

A fim de garantir que os programas façam apenas o que devem, o macOS traz também um recurso denominado Sandbox. Essa tecnologia consegue isolar processos para que apps não interajam com processos críticos, dados sensíveis ou mesmo outros apps. Assim, mesmo que um app seja comprometido por software malicioso, o computador e as informações da empresa ficam a salvo.

Proteção contra fraudes online

Golpe em que criminosos tentam enganar o usuário para roubar informações confidenciais, o “phishing” é outra ameaça real às empresas. Criando sites falsos, eles simulam instituições idôneas, como bancos e órgãos públicos, para tentar obter dados sensíveis. Estes podem incluir nomes de usuário, senhas ou detalhes e cartões de crédito, por exemplo. Empresas que adotam o ambiente Apple, entretanto, contam com uma camada extra de segurança digital, mesmo contra golpes dessa natureza. Isso porque o navegador Safari possui tecnologia antiphishing que detecta sites fraudulentos. Quando o usuário acessa um endereço suspeito, o Safari desativa a página e apresenta um alerta sobre o risco potencial.

De maneira similar, arquivos baixados da internet – ainda que aparentemente inocentes – podem ocultar softwares maliciosos. Por isso, tudo que é baixado com os apps Safari, Mail e Mensagens é verificado automaticamente em busca de ameaças. Em caso de suspeita, o macOS emite um alerta e também avisa na primeira vez que o arquivo for aberto. Se um software malicioso estiver presente, o sistema já sugere ao usuário que mova o arquivo para a lixeira.

Além de todo esse arsenal de proteção, Mac e MacBook contam com inúmeros recursos de privacidade. Entre outros, é possível controlar o compartilhamento de localização e impedir o rastreamento de dados por sites. De ponta a ponta, um ambiente Apple garante maior segurança digital para sua empresa – seja ela grande, pequena ou média. E se você quer ainda mais motivos para migrar, confira neste link outras vantagens do Mac sobre o Windows.

Obtenha mais produtividade, confiabilidade e segurança com um ambiente Apple personalizado para as necessidades de sua empresa! Fale com a iPlace pelo e-mail contato@iplacecorp.com.br ou fone 4020.7900.

 

Foto: iStock/SunnyGraph

Compartilhe este post

Share on facebook
Share on linkedin
Share on email

Veja também: