Eficiência e segurança digital: eleve sua empresa com Apple

Dispositivos Apple oferecem a melhor segurança digital corporativa do mercado

Envolto em tecnologia, o mundo corporativo atual experimenta os prós e contras de se viver numa era totalmente conectada. Por um lado, a facilidade de comunicação, a mobilidade de estações de trabalho, a rapidez e automação de processos… Por outro, brechas na segurança digital, invasões a sistemas, roubo de informações sigilosas e vazamento de dados. Ataques esses que, além de afetar as operações de uma empresa, podem abalar sua credibilidade e, inclusive, afastar clientes. Assim, é natural que surja a seguinte pergunta:

 

Como proteger minha empresa?

É mesmo essencial que as organizações encontrem maneiras de se preservar intactas contra ameaças, contando com plataformas seguras e confiáveis. Portanto, nada melhor que adotar o ecossistema Apple, que primas por essas qualidades. Afinal, todos os dispositivos da marca oferecem segurança digital avançada, sem jamais prejudicar a usabilidade ou a experiência do usuário.

Isso é possível porque, na Apple, os aparelhos são concebidos pensando na integração perfeita entre hardware, software e serviços. Dessa forma, o próprio projeto do dispositivo já leva em conta tudo que é necessário para proteger os dados do sistema. E isso vale tanto para o Mac quanto para iPhone e iPad, cada vez mais usados para turbinar a produtividade.

 

Apple: integração e eficiência

Em todos os dispositivos Apple atuais, o mecanismo de proteção avançada começa pelo Secure Enclave. Trata-se de um coprocessador dedicado à segurança digital com gerenciamento de chaves criptografadas, que são usadas na autenticação de processos. Isso garante que apenas códigos verificados e autorizados pela Apple sejam executados pelo dispositivo. O Secure Enclave é separado do chip principal – assim, nunca será comprometido por uma eventual invasão.

Acima dessa camada de hardware vem o sistema operacional – macOS, no Mac; iOS, no iPhone; ou iPadOS, no iPad. Todos esses softwares são projetados para rodar inúmeros apps e recursos dedicados a atividades específicas sem comprometer a segurança. No iPhone e no iPad, todos os aplicativos são monitorados pelo recurso Sandbox, garantindo que apps só executem processos permitidos. No Mac, camadas adicionais de segurança digital, incluindo o antivírus nativo do sistema, detectam e removem ameaças, como os malwares. Além disso, todos os sistemas operacionais da Apple são atualizados frequentemente e de forma automática. Assim, os dispositivos estão sempre equipados com as versões mais recentes e seguras de seus softwares.

 

Segurança digital nativa

Os recursos de proteção e segurança listados acima são uma exclusividade da plataforma Apple. Afinal, nenhuma outra fabricante de tecnologia projeta e produz seus dispositivos de ponta a ponta, do hardware ao software. Os sistemas operacionais de empresas concorrentes são desenvolvidos com foco na adaptabilidade – e não na segurança. É o caso do Windows e do Android, por exemplo, que rodam em hardwares de diferentes marcas. Logo, nunca conseguem ter a mesma eficiência, seja em desempenho ou proteção, que um dispositivo Apple. Consequentemente, esses sistemas mais “abertos” são também mais vulneráveis e mais explorados por cibercriminosos.

Fica claro que, para obter a melhor segurança digital em sua empresa, o ideal é migrar totalmente para a Apple. Assim, além da máxima produtividade (favorecida pela integração perfeita entre os dispositivos da marca), garante-se a melhor proteção de dados. Afinal, trata-se de um ecossistema completo, com um projeto unificado de hardware, software e serviços e soluções nativas de segurança. Quer descobrir como adotar a plataforma Apple em toda sua empresa com a melhor relação custo-benefício? Então entre em contato agora mesmo com a iPlace Corporativo e fale com um de nossos especialistas. Se preferir, acesse também o e-book gratuito que preparamos sobre o assunto.

 

Foto: iStock/skyNext

Compartilhe este post

Share on facebook
Share on linkedin
Share on email

Veja também: