Trabalho remoto: como tornar o home office mais eficiente?

trabalho remoto

Após um ano de pandemia, o trabalho remoto já virou o “novo normal” para muitas empresas. Aliás, não são poucas as organizações que pretendem manter o formato online mesmo após o fim das restrições impostas pelo coronavírus. Porém, isso não significa necessariamente que o modelo de trabalho a distância esteja consolidado ou que não precise de melhorias.

Isso é o que mostra uma pesquisa realizada recentemente pela Workana, plataforma que conecta empresas a profissionais freelancers. Abaixo, confira mais detalhes sobre o estudo, que ouviu 2810 pessoas em toda a América Latina.

 

Como melhorar o trabalho remoto

Bastante abrangente, a pesquisa da Workana entrevistou gestores, funcionários e profissionais autônomos sobre suas avaliações e expectativas em relação ao home office. Aqui, nos debruçaremos sobre as respostas obtidas dos representantes de empresas, pois trazem o ponto de vista do gestor.

Segundo a pesquisa, 84,2% das organizações estão planejando manter o regime de trabalho remoto mesmo após o fim da pandemia. Inclusive, 63,2% dos líderes avaliam que a produtividade dos funcionários se manteve ou aumentou ao longo do último ano. Contudo, os gestores consideram que ainda há margem tornar o formato mais eficiente. Assim, segundo as empresas participantes do estudo da Workana, estas são as ações prioritárias para melhorar o trabalho remoto:

  1. Melhorar a tecnologia e a conectividade: 35,7%
  2. Oferecer mais flexibilidade de horários para assegurar o equilíbrio entre a vida pessoal e o trabalho: 28,6%
  3. Oferecer mais cursos sobre trabalho remoto: 14,3%
  4. Oferecer uma solução para ajudar os funcionários com filhos: 14,3%
  5. Melhorar equipamentos e servidores (para usar em casa): 7,1%

 

Turbinando o trabalho remoto com Apple

Como pode ser percebido no levantamento, quase 43% das melhorias previstas pelos gestores são relativas a tecnologia, conectividade e equipamentos. Ou seja, áreas que podem ser muito beneficiadas pela adoção do ecossistema Apple. Afinal, os dispositivos da marca oferecem desempenho de ponta ao mesmo tempo em que são praticamente imunes a falhas. Logo, não há riscos de que os funcionários em home office fiquem impedidos de trabalhar por conta de pane nos equipamentos. Aliás, os colaboradores não precisariam sequer estar em casa, de fato. Isso porque, especialmente com o iPad e o iPhone, o trabalho remoto pode ser realizado a partir de qualquer lugar.

Além disso, o ecossistema Apple apresenta a vantagem de facilitar o gerenciamento remoto de dispositivos. Afinal, com o Apple Business Manager e uma solução de MDM, empresas podem  configurar todos seus aparelhos mesmo a distância. Dessa forma, é possível gerenciar usuários e permissões, bem como instalar e desinstalar apps e softwares sem a necessidade de atendimento técnico presencial. Ou seja: com o ecossistema Apple, é possível oferecer aos seus funcionários em home office o melhor setup de produtividade.

 

Quer saber mais sobre como melhorar a qualidade do trabalho remoto em sua empresa com o ecossistema Apple? Então entre em contato agora mesmo com a iPlace Corporativo e fale com um de nossos especialistas!

 

Foto: iStock/anyaberkut

 

Compartilhe este post

Share on facebook
Share on linkedin
Share on email

Veja também: